Rapinoe cutuca Messi e Cristiano Ronaldo, mas deposita esperança em Mbappé

Bicampeã mundial, Megan Rapinoe, em breve, lançará sua autobiografia na França

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 30 (AFI) - Megan Rapinoe não tem papas na língua e adora defender suas causas. A melhor jogadora do mundo na temporada 2018/2019 não poupou críticas a Messi e a Cristiano Ronaldo pelo pouco envolvimento no combate ao racismo.

"Eles poderiam fazer muito se decidissem usar seu nível estupendo de popularidade para combater o racismo", disse ao L'Equipe a bicampeã mundial que depositou suas esperanças em Mbappé, do PSG.

Rapinoe opina e critica! (Foto: USWNT)
Rapinoe opina e critica! (Foto: USWNT)
"Não estou falando sobre usar uma camiseta do Black Lives Matter, estou falando sobre ir mais fundo. Espero que ele (Mbappé) compreenda o impacto que pode causar, e como essa influência pode ser formidável. Espero que ele entenda que pode mudar o mundo", completou.

CAUSAS!
Megan Rapinoe, em breve, lançará sua autobiografia na França. A jogadora elogiou a posição de outras estrelas do esporte mundial.

"A liberdade de expressão de Lewis Hamilton é incrível, para não mencionar LeBron James, já que eles estão no centro de apostas econômicas colossais. E Naomi Osaka, que usa uma máscara no US Open com nomes de negros mortos pela polícia americana como Breonna Taylor e George Floyd, no meio do tênis que é tão branco!", finalizou.