Joia do Santos surpreende após lesão grave e inicia trabalhos para voltar a jogar

Renyer sofreu uma grave lesão no joelho e em menos de seis meses já está em fase de transição para voltar a treinar com bola

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 09 (AFI) - Sem dúvidas, o Santos é um dos grande celeiros de grandes revelações do futebol brasileiro e o atacante Renyer, de 17 anos, é uma das joias santistas mais recentes. O jovem atleta está na Vila Belmiro desde os nove anos e apesar da pouca idade, já fez sua estreia no time principal.

Apesar do bom momento, em março deste ano, durante um treino da Seleção Brasileira Sub-17, ele acabou sofrendo uma grave lesão no joelho com o rompimento do ligamento cruzado. A previsão inicial para o retorno do atleta aos gramados era de oito meses, mas com muita dedicação e trabalho ao lado do Departamento Médico do Santos, ele surpreendeu a todos e em menos de seis meses já está em fase de transição, com previsão de voltar a jogar à partir da segunda quinzena de outubro.

Joia do Santos surpreende após lesão grave e inicia trabalhos para voltar a jogar
Joia do Santos surpreende após lesão grave e inicia trabalhos para voltar a jogar
"Só tenho agradecer ao departamento médico do Santos que vem realizando um grande trabalho na minha recuperação e não vejo a hora de voltar a jogar e poder ajudar meus companheiros”, disse o atacante.

VINHA TENDO ESPAÇO
Antes da lesão, Renyer tinha feito a sua estreia como profissional no Santos através do técnico Jesualdo Ferreira e participou de três jogos durante o Paulistão, contra: Inter de Limeira, Botafogo-SP e Ituano. Tanto que o jovem atleta se diz eternamente grato ao comandante português, que não está mais no Peixe.

“Uma pessoa que tenho muito respeito, carinho, pois acreditou no meu trabalho e me aconselhou e me ensinou muito então só tenho agradecer ao professor pela confiança depositada em mim”, disse o atacante Renyer.

O jovem atleta está no Santos desde 2013. De lá para cá, jogou em todas as categorias de base do clube. Além de ter atuado na Seleção Brasileira Sub 17 entre 2019 e 2020. Já no radar de times de fora do Brasil, o Santos assinou contrato de cinco anos com o alteta no final da temporada passada.