Herói do Athletico-PR, Walter comemora: "Esse dia nunca vou esquecer"

O atacante entrou aos 37 minutos do segundo tempo e marcou o gol da vitória nos acréscimos

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 15 (AFI) - O dia 15 de setembro de 2020 vai ficar para sempre na memória de Walter. Voltando a disputar uma Copa Libertadores depois de dez anos, o atacante entrou aos 37 minutos do segundo tempo e foi o herói da vitória do Athletico-PR sobre o Jorge Wilstermann.

Nos acréscimos do jogo realizado em Cochabamba, na Bolívia, pela terceira rodada da Copa Libertadores, Walter recebeu cruzamento de Jonathan, dominou e bateu no cantinho do goleiro para fazer 3 a 2 e dar a primeira vitória na altitude ao Athletico-PR.

Walter comemora o gol da vitória do Athletico-PR (Foto: Site Oficial Athletico-PR)
Walter comemora o gol da vitória do Athletico-PR (Foto: Site Oficial Athletico-PR)
"É um dia especial para mim. Esse dia não vou esquecer. Hoje com certeza não vou dormir. Minha última Libertadores foi em 2010. Depois de dez anos, entrar e fazer gol. Não tem coisa melhor", disse Walter.

Em maio, depois de dois anos longe dos gramados após ter sido pego no exame antidoping, o atacante assinou um contrato de três meses com o Athletico-PR. Durante esse período, Walter emagreceu e a diretoria resolveu prorrogar o vínculo até fevereiro de 2021.

Mesmo assim, o atacante não vinha sendo muito aproveitado. No dia 22 de agosto, contra o Fluminense, esteve em campo durante 27 minutos. Já no dia 2 de setembro, diante do Red Bull Brasil, Walter atuou apenas nove minutos.

Depois de "tirar um peso das costas" com o gol sobre o Jorge Wilstermann, Walter espera ser mais acionado pelo técnico Eduardo Barros.