Livre do rebaixamento, Bahia tem desfalques e despedida de capitão na última rodada

A partida contra o Santos será especial para o capitão Gregore que irá fazer a sua despedida após ser vendido para os EUA

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 24 (AFI) - Embalado por três jogos sem derrota e livre das chances de rebaixamento, o Bahia se prepara para a 38ª e última rodada do Brasileirão, que será disputada de forma completa às 21h30, desta quinta-feira (25). Para encarar o Santos, na Arena Fonte Nova, em Salvador, o técnico Dado Cavalcanti terá dois desfalques e poderá contar com o atacante Gilberto.

O centroavante sentiu dores musculares na coxa na goleada sobre o Fortaleza na última rodada e foi substituído ainda no intervalo da partida. Mesmo assim, ele treinou normalmente na tarde desta quarta-feira (24), quando o elenco do time baiano fez o último apronto antes de pegar o Santos.

Livre do rebaixamento, Bahia tem desfalques e despedida de capitão na última rodada
Livre do rebaixamento, Bahia tem desfalques e despedida de capitão na última rodada
Por outro lado, o goleiro Matheus Claus que segue em fisioterapia tratando uma lesão muscular na coxa e o atacante Gabriel, também com dores nesta mesma região, seguem como baixa e não entraram em campo na última rodada do Brasileirão.

Já para o volante e capitão Gregore, a partida contra o Santos será especial. Afinal, será o último jogo do jogador com a camisa do Bahia pois nesta quarta-feira foi confirmada a venda para o Inter Miami-EUA, da MLS. Segundo os cálculos do time baiano, essa foi a maior venda de um clube do futebol nordestino na história, mas os valores não foram divulgados.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO E SITUAÇÃO NA TABELA
Até por conta disso, o técnico Dado Cavalcanti deve mandar o Bahia a campo com a seguinte formação: Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Matheus Bahia; Gregore, Ronaldo e Patrick de Lucca; Rossi, Gilberto e Rodriguinho.

Com 41 pontos somados e um retrospecto de 11 vitórias, oito empates e 18 derrotas em 37 jogos disputados, o Bahia aparece na 15ª colocação, justamente três pontos na frente do Vasco, mas não pode mais ser alcançado por conta do número de vitórias (9 contra 11).