Dirigente da CBF praticamente descarta adiamento de Palmeiras x Flamengo

O clube carioca pediu para que o jogo de domingo fosse adiado devido ao surto de Covid-19 em seu elenco

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 23 (AFI) - A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não deve aceitar o pedido do Flamengo para que o jogo contra o Palmeiras, neste domingo, no Allianz Parque, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, seja adiado.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, disse que o pedido do Flamengo deve ser negado pela entidade máxima do futebol, pois o clube tem número suficiente de jogadores para entrar em campo apesar do surto de Covid-19 em seu elenco.

Palmeiras x Flamengo não deve ser adiado (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Palmeiras x Flamengo não deve ser adiado (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

"Quando clube tem os seus infectados, ele separa (jogadores) e continua jogando. A não ser que não tenha plantel mínimo para poder entrar em campo e fazer a substituição.

Não é o caso do Flamengo agora. O Flamengo tem 40 inscritos, por mais que tenha número elevado, ainda tem plantel bastante viável. Então deve acontecer o jogo", disse Feldman.

De acordo com o dirigente, a CBF recebeu o pedido do Flamengo do Diretor de Competições na noite da última terça-feira e deve se pronunciar oficialmente ainda nesta quarta.

ENTENDA O CASO!

Durante a estadia no Equador para os dois jogos válidos pela Copa Libertadores, nove jogadores testaram positivo para o novo coronavírus: Bruno Henrique, Isla, Diego, Filipe Luís, Michael, Matheuzinho, Vitinho, Rodrigo Caio e Gabriel Batista.

Além deles, também estão contaminados o vice-presidente de futebol Marcos Braz, o médico Márcio Tanute e o ex-zagueiro Juan, hoje membro do departamento de futebol rubronegro.

O clube, porém, acredita que mais jogadores testem positivo após os exames realizados no desembarque da delegação no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira.