Série C: Ex-jogador do Guarani, técnico comemora acesso com o Londrina: 'Indescritível'

"Eu participei quando fomos rebaixados, mas felizmente também colaborei com o retorno", disse Silvinho Canuto

por Agência Futebol Interior

Londrina, PR, 18 (AFI) - No último sábado, o Londrina conquistou o acesso no Campeonato Brasileiro Série C ao vencer o Remo por 1 a 0 com gol no finalzinho. O técnico Silvinho Canuto, ex-jogador e auxiliar do clube, foi chamado para comandar o time no último jogo e não decepcionou.

Após a conquista, ele comentou sobre o sentimento e relembrou o ano de 2019, em que ficou à frente do time nas últimas rodadas da Série B, que culminaria no rebaixamento do Londrina.

"Foi um dia indescritível com a volta à Série B. Era o sonho do torcedor. Eu participei quando fomos rebaixados, mas felizmente também colaborei com o retorno. A emoção é grande porque você fica marcado com o rebaixamento, mas você fica marcado também quando conquista o acesso. Alegria imensa em fazer parte de um grupo vitorioso", disse o treinador, que completou 44 anos no domingo.

Foto: Gustavo Oliveira/ LEC
Foto: Gustavo Oliveira/ LEC
EX-GUARANI VAI PERMANECER NO LONDRINA?

Ex-jogador do Londrina e também do Guarani na década de 1990, Silvinho afirmou também que não conversou ainda sobre sua eventual permanência, mas indicou vontade de continuar o trabalho no Campeonato Paranaense.

"Eu não sei o que vai acontecer comigo. Esses dias eu estava em casa, perto da rescisão, e a minha vida mudou de uma hora para outra. Fui chamado em um momento que o clube precisava, mas não conversei nada ainda. Vamos comemorar, deixo isso para depois. Eu gosto do clube, vivo o clube, com certeza teremos uma conversa e espero que seja boa", afirmou.

OUTROS PONTOS DA ENTREVISTA

Paciência no jogo contra o Remo

"Sabíamos que tinha 90 minutos para decidir o jogo. Era ter paciência, pois o Remo, apesar dos desfalques, é uma equipe forte, entrosada. Tivemos essa calma, apesar de algumas chances desperdiçadas. O gol saiu na hora que tinha que sair, na hora certa.

Londrina ofensivo com substituições

"Corremos certos riscos atrás, com contra-ataques, mas não tínhamos o que fazer. Precisávamos fazer um gol, tínhamos que nos lançar ao ataque. Não só colocando os atacantes, mas também mudando a distribuição no campo"

SÉRIE C: Gol de Remo 0 x 1 Londrina:

Estadual

"Um clube na Série B tem um investimento maior, cotas de TV. Então espero que a gente entre bem forte no Campeonato Paranaense. Tem outros times bons e acho que será o estadual mais forte da história"

Agradecimento ao técnico Alemão

"Muitas pessoas me disseram que eu não tive culpa no rebaixamento, pois peguei o time faltando quatro rodadas, mas eu carregava esse sentimento. Por ser criado dentro do clube, eu me senti mal. Como também acho que faço parte dessa conquista, pois fui auxiliar do Alemão e voltei para o último jogo. Mas se tem uma pessoa que merece créditos, essa pessoa é o Alemão, que conseguiu montar uma equipe boa junto com a diretoria. Então não tem como comemorarmos o acesso sem lembrar do Alemão. Quero agradecer ele e desejo melhoras da covid-19. Admiro muito ele tenho imenso respeito.