MARANHENSE: Sampaio Corrêa e Moto Club empatam em final com duas expulsões

A decisão do título fica para a partida de volta, no próximo sábado, novamente no Castelão

por Agência Futebol Interior

São Luís, MA, 23 (AFI) – Em jogo muito disputado e com duas expulsões, Sampaio Corrêa e Moto Club não saíram do 0 a 0 no jogo de ida da final do Campeonato Maranhense.

As equipes se enfrentaram nesta quarta-feira, no Castelão, em São Luís, e não conseguiram movimentar o placar. Agora, a decisão segue aberta para o jogo de volta, no próximo sábado, às 19 horas, no mesmo estádio.

DUAS EXPULSÕES E NADA DE GOL
Sem grandes lances de perigo, o jogo teve mais disputa e marcação do que jogadas de ataque. Depois de um primeiro tempo equilibrado, o Sampaio Corrêa se complicou no início da etapa final com a expulsão de Daniel Felipe.

O zagueiro da Bolívia Querida puxou Jeorge Hamilton, evitando um contragolpe perigoso, e recebeu o segundo cartão amarelo, deixando o Sampaio Corrêa com um a menos.

No entanto, a vantagem numérica do Moto Club durou pouco. Dez minutos mais tarde, o zagueiro Ramon fez falta em Gustavo Ramos e também foi para o chuveiro mais cedo.

Mesmo com mais espaço no gramado, os dois times seguiam pouco inspirados e pareciam satisfeitos com o empate sem gols, deixando a decisão completamente aberta para o jogo de volta.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
1ª rodada
Data
23/09/2020
Horário
20h30
Local
Castelão - São Luís (MA)
Árbitro
José Henrique de Azevedo Júnior

Assistentes
Raphael Max Borges Pereira e Edna Cristina Santos Ferreira

Sampaio Corrêa
Gustavo;
Luís Gustavo, Daniel Felipe, Boaventura e João Victor;
André Luiz (Eloir), Vinícius Kiss, Gustavo Ramos (Diego Tavares) e Marcinho (Roney);
Caio Dantas (Jacskon) e Robson (Paulo Sérgio).
Técnico: Léo Condé
Moto Club
João Paulo;
Gleissinho, Wallace, Ramon e Jeff Silva;
Jhonathan (Andrezinho), Henrique (Negueba) e Naílson (Amaral);
Jeorge Hamilton, Ancelmo e Sílvio Tapajós.
Técnico: Dejair Ferreira