Comercial x EC São Bernardo - Cachorrão coloca série invicta a prova nas semifinais

Do outro lado, o Bafo tenta fazer jus ao fator casa para abrir vantagem e ficar perto do acesso

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 31 (AFI) - O duelo alvinegro entre Comercial e EC São Bernardo irá fechar as disputas da rodada de ida das semifinais do Campeonato Paulista da Série A3 neste domingo (01). Focados no tão sonhado acesso, as duas equipes fazem o primeiro confronto no Estádio Palma Travassos, às 16h. O time de Ribeirão Preto irá tentar fazer jus ao fator casa, enquanto os visitantes tentam fazer valer a série invicta que já dura dez jogos para abrir vantagem.

Como não há nenhum benefício de gols fora ou por melhor campanha, em caso de empate no placar agregado, a decisão do acesso e de quem avança para a grande decisão do estadual, ficará para os pênaltis. A partida de volta das semifinais está marcada para o próximo sábado (07), às 15h, desta vez em São Bernardo do Campo, no Estádio Primeiro de Maio.

CAMPANHAS, COMO CADA TIME CHEGOU ATÉ AQUI
Segundo colocado na primeira fase, o EC São Bernardo não sabe o que é perder desde a volta do futebol paulista. Desde então são cinco vitórias e um empate. Se pensar antes da pandemia, a equipe vem de uma invencibilidade que já dura 10 jogos, ou seja, desde a sétima rodada, quando acabou superado pelo Primavera, em Indaiatuba, por 2 a 0, no distante dia 22 de fevereiro.

O Comercial quer fazer jus ao fator casa para abrir vantagem (Foto: Rafael Alves/Comercial FC)
O Comercial quer fazer jus ao fator casa para abrir vantagem (Foto: Rafael Alves/Comercial FC)
Ao lado do Noroeste teve a melhor defesa da primeira fase, com apenas nove gols sofridos em quinze jogos, e conta com o artilheiro do torneio, uma vez que o atacante Victor Sapo tem sete tentos marcados no estadual. Ao todo, somou 30 pontos, com nove vitórias, três empates e três derrotas. Nas quartas de final venceu o Batatais duas vezes. Fora de casa fez 3 a 0 e depois venceu por 3 a 2 no Primeiro de Maio.

Já o Comercial fez uma campanha de reação. Com quatro das oito vitórias conquistadas nas últimas cinco rodadas da primeira fase, a equipe de Ribeirão Preto ficou na terceira colocação, com 28 pontos somados. E, ao lado do Noroeste, teve o melhor ataque na competição, com 25 gols marcados.

Nas quartas de final, visitou o Linense, no Estádio Gibertão, no jogo de ida e venceu por 1 a 0. Depois, na volta, no Estádio Palma Travassos, apesar de ter saído atrás no placar, acabou ganhando por 3 a 1. O zagueiro Gut, duas vezes, e Islan contra, fizeram os gols da classificação alvinegra.

INFORMAÇÕES DAS EQUIPES:
COMERCIAL

Para o duelo, Fahel Júnior deve ter uma 'dor de cabeça boa', afinal deve contar com o retorno do zagueiro Juan, que ficou de fora da partida de volta das quartas de final contra o Linense, por conta de um edema da coxa direita. Ele está voltando aos treinos e será reavaliado nos próximos dias, mas deve ser opção para o jogo. Com isso, disputará vaga com Gut, que entrou para substituí-lo no último domingo, e marcou dois gols, que ajudaram demais na classificação.

Diferente do elenco sub 20 que está passando por um surto de coronavírus, o time profissional do Comercial após mais uma bateria de exames, nenhum jogador testou positivo para covid-19. Os exames PCR foram realizados na terça-feira e ficaram prontos nesta última quinta (29).

Sem saber o que é perder há dez jogos, o EC São Bernardo foca na vitória fora de casa
Sem saber o que é perder há dez jogos, o EC São Bernardo foca na vitória fora de casa
Por outro lado, o atacante Zé Andrade segue sendo desfalque certo. De fora desde o retorno do futebol 'pós pandemia', o centroavante que vem sendo um dos destaques do Bafo nas últimas temporadas, segue se recuperando de uma lesão no adutor direito e ficará na torcida. Ante da paralisação, foi titular boa parte do estadual com Roberval Davino e depois com Fahel. Sendo assim, o ataque seguirá sendo Pedro Henrique, Wesley Tanque e Warlei. De qualquer forma, o comandante fez uma análise das semifinais.

"Nos próximos dois jogos pode esperar isso aí que apresentamos no campeonato, vamos jogar buscado o gol, concentrado, respeitando o adversário, não se omitir, ter coragem, colocar em prática tudo que é treinado. O jogo é o dia da prova, não adianta treinar e fazer de outra maneira no dia mais importante. Isso treinamos, cada um tem seu talento, claro, mas todos aplicam no que é passado para que consigamos vencer", disse o comandante.

EC SÃO BERNARDO
Para a partida, o técnico Renato Peixe não tem desfalques para armar o time do EC São Bernardo e deve colocar em campo o que tem de melhor, ou seja, força máxima. Focado no acesso, o capitão da equipe, o zagueiro Alexandre citou algumas dificuldades de encarar o Comercial neste mata-mata.

“Desde o início tínhamos o objetivo do acesso e estamos no caminho. A adrenalina e a motivação são diferentes nesta fase, que sempre tem suas dificuldades. Mas esperamos fazer grande jogo, com a confiança que temos, para conseguir resultado positivo já na ida”, disse.

Por isso, o lateral-direito Osvaldir fez questão de ressaltar a importância do time manter a concentração dos últimos jogos. “Estamos em ótimo momento, mas sabemos que será difícil e exigirá concentração ao extremo. Creio que será jogo de muito estudo e, ao mesmo tempo, de nível alto. Estamos preparados para mostrar porque fizemos essa campanha até aqui”, disse.

Ficha Técnica

Fase
Semifinal
Rodada
1ª rodada
Data
01/11/2020
Horário
16h00
Local
Palma Travassos - Ribeirão Preto (SP)
Árbitro
Paulo Sergio dos Santos

Renda
--
Assistentes
Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
Comercial: Romarinho, Russo
EC São Bernardo: Dante, Felipe, Lucas Gomes

Gols
Comercial: Wesley Tanque 12' 1T
EC São Bernardo: Felipe 26' 1T, Dante 2' 2T, Osvaldir 5' 2T
Comercial
Kaique Rocha;
Luã Niger, Gut, Rodrigo Sabiá e Brayan (Pedro Henrique);
Russo e Romarinho (Cortez);
Warlei, Cesinha (Lucas Lino) e Biro Paraíba (Bruno Sabiá);
Wesley Tanque.
Técnico: Fahel Júnior
EC São Bernardo
Maurício;
Osvaldir, Raphael, Alexandre e Dante;
Dudu, Willian e Tito (Raul);
Felipe (Lucas Gomes), Victor Sapo (Erwin) e Iago (Esquerdinha).
Técnico: Renato Peixe