Jogadores da Ponte tem papo reto com presidente e 'reunião' com torcedores

A Macaca vem sendo pressionada pelo momento ruim na Série B do Brasileiro

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - O dia foi tenso na Ponte Preta. Os atletas tiveram uma conversa com o presidente Sebastião Arcanjo, o Tiãozinho, acompanhado do técnico Marcelo Oliveira, que teve a permanência bancada por Gustavo Bueno. Houve ainda uma reunião com membros da torcida organizada, em tom de cobrança.

Os torcedores contestaram o momento ruim da equipe, que vem de duas derrotas consecutivas na Série B. Por parte da diretoria, a cobrança foi em cima do acesso. Tiãozinho lembrou que os salários estão sendo pagos em dias e que, com o elenco considerado qualificado, quer uma equipe brigando para subir à elite do futebol nacional.

Marcelo Oliveira cobrou o elenco da Ponte. Foto: Alberto Nucci / PontePress
Marcelo Oliveira cobrou o elenco da Ponte. Foto: Alberto Nucci / PontePress

Marcelo Oliveira, por outro lado, chegou a chamar jogador por jogador para elogiar e até indicar algumas críticas construtivas. O treinador também foi alvo de cobrança por parte dos torcedores, mas ainda detém da confiança dos mesmos que foram a favor da demissão de João Brigatti.

SITUAÇÃO!
Enquanto isso, a Ponte Preta segue sua preparação para o confronto diante do Figueirense nesta segunda-feira, às 17h30, no estádio Moisés Lucarelli. A Macaca é a sexta colocada, com 27 pontos. Em quarto, o Juventude tem 28.