Atacante lamenta empate do São Paulo e critica arbitragem

O Tricolor teve um gol anulado de forma polêmica quando a partida estava em 1 a 1

por Agência Estado

São Paulo, SP, 28 - A estreia do técnico argentino Hernán Crespo no comando do São Paulo foi com um empate por 1 a 1 com o Botafogo, de Ribeirão Preto (SP), neste domingo, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela rodada inaugural do Campeonato Paulista.

O atacante Pablo lamentou o mau resultado, mas destacou que o comandante teve muito pouco tempo para preparar a equipe, já que a última temporada se encerrou há apenas três dias.

Pablo reclamou da arbitragem no empate com o Botafogo (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)
Pablo reclamou da arbitragem no empate com o Botafogo (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)

"O Crespo está iniciando o trabalho, treinamos dois dias apenas. Todo mundo recebeu ele de braços abertos, muito felizes pela chegada dele.

Não podemos tomar o gol da forma que tomamos, depois temos que correr atrás.

Mas enfim, temos que seguir, é início de temporada. Temos que estar muito concentrados pois nosso objetivo é ser campeão Paulista", disse Pablo em entrevista ao SporTV.




CRESPO ELOGIA ATITUDE DOS JOGADORES SO TRICOLOR


RECLAMAÇÃO
O centroavante tricolor reclamou bastante da arbitragem por ter anulado um gol seu, quando o São Paulo perdia por 1 a 0, e de não ter marcado um pênalti já no último lance da partida. As duas jogadas tiveram a utilização do VAR.

"A arbitragem tem que deixar o jogo seguir mais. Muito tempo parado. Muita demora para checar e quando é checado erra", completou Pablo.

O São Paulo volta a campo agora nesta quarta-feira, às 17 horas, diante da Inter de Limeira, no estádio Major Levy Sobrinho, em Limeira (SP), pela segunda rodada do Paulistão.