Gastos dos clubes que mais torraram grana em 2020 chegam a R$ 7,8 bilhões; Veja lista

Chelsea foi o time que mais investiu em novos jogadores; ingleses dominam a lista

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 03 (AFI) – Mesmo com o calendário diferente em 2020 por conta da pandemia do coronavírus, os clubes europeus não deixaram de gastar milhões para reforçar seus elencos. O destaque é para os ingleses que figuram entre os mais “gastões”.

Somando apenas os dez clubes que mais investiram para esta temporada, a cifra chega a quase a R$ 8 bilhões. Desses, cinco são da Inglaterra, seguido por dois espanhóis e italianos, além de um português. A lista foi feita pelo jornal As.

Chelsea foi a equipe que mais gastou. (Foto: Divulgação/ Chelsea)
Chelsea foi a equipe que mais gastou. (Foto: Divulgação/ Chelsea)

VEJA VALORES E ALGUNS JOGADORES CONTRATADOS

1- Chelsea - 247 milhões de euros (R$ 1,6 bilhão) – Werner, Zyech, Thiago Silva;

2- Manchester City - 157 milhões de euros (R$ 993 milhões) – Ferran Torres, Aké, Rúben Dias;

3- Barcelona - 124 milhões de euros (R$ 785 milhões) – Pjanic, Trincão, Dest;

4- Juventus - 110 milhões de euros (R$ 696 milhões) – Arthur, Morata, Chiesa;

5- Leeds United - 102 milhões de euros (R$ 645 milhões) – Rodrigo, Llorente, Raphinha;

6- Benfica - 98,5 milhões de euros (R$ 623 milhões) – Everton Cebolinha, Pedrinho, Otamendi;

7- Tottenham - 98 milhões de euros (R$ 620 milhões) – Lo Celso, Doherty, Reguilón;

8- Internazionale - 97 milhões de euros (R$ 614 milhões) – Hakimi, Barella, Sensi;

9- Atletico de Madri - 90 milhões de euros (R$ 569 milhões) – Carrasco, Kondogbia, Grbic;

10- Arsenal - 86 milhões de euros (R$ 544 milhões) – Pablo Marí, Gabriel, Partey;