Com 18 titulos na carreira, ex-técnico do América-MG analisa propostas

Recentemente, Mauro Fernandes passou por Central-PE, Caldense-ME e Botafogo-PB

Publicado em .

Recentemente, Mauro Fernandes passou por Central-PE, Caldense-ME e Botafogo-PB

Campinas, SP, 09 (AFI) - O ano de 2020 vem sendo muito difícil para o futebol brasileiro e mundial por causa do coronavírus que deixou os clubes mais de quatro meses parados, sem patrocínios.Vários atletas e treinadores perderam seus empregos e, na retomada, muitos clubes optaram por mudanças visando salvar a temporada.

Vários treinadores foram contratados na volta aos treinamentos. Entre esses, está Mauro Fernandes, que tem em seu currículo passagens por grandes clubes, com muitas conquistas e acessos. Recentemente, ele deixou o Botafogo-PB.

Antes de ter assumido o Botafogo-PB, o treinador havia realizado grande trabalho no Central-PE, em 2018, entrando para história do clube após vice-campeonato pernambucano.

Na sequência, em 2019, pegou a Caldense no Campeonato Mineiro, quando o clube brigava contra rebaixamento. Com uma ótima recuperação, levou o time às quartas de final.

Já em 2020 foi contratado pelo Botafogo-PB, mas ficou pouco tempo no clube, que vive momento político conturbado.

MAIS DE MAURO FERNANDES

O técnico Mauro Fernandes iniciou sua carreira de treinador no Auto Esporte-PB em 1984. Dois anos depois, ele foi contratado pelo Botafogo-PB. Ali ele começou sua trajetória de técnico vencedor.

Foram três anos no comando do clube, se tornando bicampeão paraibano, o que começou a abrir portas para novos desafios. Em 1990 foi contratado pelo ABC-RN e obteve mais um título na carreira. No ano seguinte, o comandante conquistou o título alagoano com o CSA-AL.

Com passagem também pelo Sergipe-SE, o treinador foi bicampeão Sergipano. Em 1996, ele acertou com o Goiás e foi bicampeão goiano. Do Goiás, ele rumou para o Sport, onde foi tricampeão pernambucano. Logo depois, o treinador trabalhou no Coritiba e também no Botafogo.

OUTROS TIMES

Mauro passou por outros clubes como Matonense-SP, Londrina-PR, Brasiliense-DF, onde foi campeão estadual e da Série B com direito a acesso para a elite do Brasileirão, Fortaleza-CE, Gama-DF, Bahia-BA, Vitória-BA, onde conquistou acesso na Série B do Brasileiro, Santa Cruz-PE e Atlético Goianiense, onde foi campeão Brasileiro da Série C em 2008 e acesso à Série B.

O treinador também tem história no América Mineiro, clube que teve a oportunidade de comandar em três oportunidades. Lá, ele é adorado pelos torcedores pelo acesso à elite do Brasileiro de 2010. Ao todo são 18 títulos entre estaduais e brasileiros e seis acessos.