Sampaoli se irrita com salários atrasados, mas Atlético-MG diz que técnico fica

Uma das exigências do treinador na hora de assinar o contrato foi o pagamento em dia

Publicado em .

Uma das exigências do treinador na hora de assinar o contrato foi o pagamento em dia

Belo Horizonte, MG, 15 (AFI) - A negociação com Thiago Neves não foi o único assunto que agitou os bastidores do Atlético-MG nos últimos dias. Os atrasos salariais do elenco estão irritando o técnico argentino Jorge Sampaoli.

Uma das exigências do treinador na hora de assinar o contrato em dezembro do ano foi de não atrasar os salários do elenco. No entanto, os jogadores atleticanos estariam dois meses sem receber.

Jorge Sampaoli estaria cobrando a diretoria atleticana (Foto: Bruno Cantini/Agência Galo)
Jorge Sampaoli estaria cobrando a diretoria atleticana (Foto: Bruno Cantini/Agência Galo)
Em entrevista à Rádio Itatiaia, o diretor de futebol Alexandre Mattos revelou que a situação financeira do Atlético-MG é "delicadíssima", mas que o clube está perto de resolver essa questão.

"O Sampaoli veio para cá, o que também não é segredo, com algumas situações definidas de salário em dia, de possibilidade de montar elenco forte para tentar títulos. O Atlético tem uma proximidade desses vencimentos em dia. O Sampaoli tem contrato, vai cumprir o contrato", afirmou Mattos.

Jorge Sampaoli fechou com o Atlético-MG em março deste ano e assinou contrato até o fim da próxima temporada. Ele foi uma das principais apostas da diretoria para conquistar o Campeonato Brasileiro de 2020.

O Galo é o vice-líder do Brasileirão, com 18 pontos, dois a menos que o líder Internacional. O Colorado, porém, possui uma partida a mais.