LUTO: Dirigente de clube de subúrbio carioca morre de Covid-19

Augusto Pinto Monteiro, mais conhecido como Pintinho, estava internado desde o dia 22 de novembro no Hospital Balbino

Publicado em .

Augusto Pinto Monteiro, mais conhecido como Pintinho, estava internado desde o dia 22 de novembro no Hospital Balbino

Rio de Janeiro, RJ, 5 (AFI) – O futebol brasileiro perdeu mais um pela pandemia de Covid-19. É o presidente do Olaria, Augusto Pinto Monteiro, mais conhecido como Pintinho. O dirigente estava internado desde o dia 22 de novembro no Hospital Balbino.

Desde que deu entrada no hospital, Pintinho estava em estado grave. Ele tinha 72 anos e cumpria seu sétimo mandato como presidente do clube da Rua Bariri, deixando esposa e três flhos. Ele já tinha comorbidades e, curiosamente, não esteve presente na última eleição que venceu, no fim de 2018.

SAÚDE FRAGILIZADA

Com a saúde fragilizada, Pintinho teve complicações pulmonares e precisou ficar entubado.


A partir daí, sedado, se manteve em estado grave e não apresentou melhoras.

Pintinho fez história do Olaria, assumindo a presidência em 1995, foi reeleito três anos depois e ganhou os dois pleitos seguintes.

Deixou a presidência entre 2007 e 2012, período em que Heitor Bellini foi o mandatário, mas voltou ao clube em 2013. Seu atual mandato iria até o fim de 2021.

SUAS GLÓRIAS
Com Pintinho, o Azulão conquistou seu título mais importante, a Taça de Bronze de 1981, equivalente à Série C do Campeonato Brasileiro. Como presidente, ajudou o clube a conquistar o quinto lugar no Campeonato Carioca de 1999, melhor campanha do clube. Assume o cargo o presidente do Conselho Deliberativo, Lenivaldo Gomes da Silva.